21 de agosto de 2018
Manaus,BR
°C

Notícias

Contrato em mãos BSI Soccer/Ledman Sports realiza entrega oficial de contrato de terceirização do Departamento de Futebol ao Naça

Na manhã desta quinta-feira (07), o Nacional Futebol Clube deu mais um passo rumo ao acordo de terceirização do Departamento de Futebol do clube. Em coletiva de imprensa, realizada na sede do Leão da Vila Municipal, a empresa BSI Soccer/Ledman Sports, representado por Luiz Américo, entregou formalmente o contrato nas mãos do presidente do Naça, Roberto Peggy.

O mandatário, ao lado do vice presidente do clube, Francisco Esteves, revela qual será o próximo passo após estar de posse deste documento.

“O primeira ação foi a Assembleia em que o Conselho Deliberativo do clube aprovou a proposta de terceirização. Agora, estamos com o contrato em mãos e o próximo passo será uma nova Assembleia para leitura formal e, posteriormente a assinatura e, a partir deste momento, o Nacional estará com o Departamento de Futebol terceirizado”, conta.

Peggy afirma ainda o que espera com a terceirização do Departamento de Futebol do Naça.

“Esperamos mudança na forma de se fazer futebol, que essa terceirização do Nacional traga novos investimentos, que os patrocinadores procurem outros clubes e, partir desse momento, possamos encontrar novas formas, pois o futebol amazonense não se paga. É praticamente impossível você cumprir todas as obrigações com a receita que nós temos ao longo do ano. Então, se nós não tivermos algum projeto dessa magnitude, fatalmente ficaremos há anos nessa condição que estamos hoje”, lamenta.

Luiz Américo, enquanto representante da empresa no Brasil, destacou a importância da terceirização e ressalta que os objetivos do contrato visam garantir um calendário para temporada de 2019, principalmente na base do clube.

“Para o Nacional acho extremamente importante, haja vista estamos sabendo que o clube não vem passando por uma boa fase financeira. Isso vem somar, agregar a sanar dividas que o próprio Nacional tem e fortalecer mais a credibilidade que o clube possui.”

“A gente vai fazer um planejamento para 2019, provavelmente já venham alguns jogadores para a categoria de base, somado com os que nós que temos hoje. Ainda em 2018, vamos assumir no segundo semestre, para fortalecer o juniores e quem sabe tentarmos sermos campeões e ir para a taça São Paulo em 2019”, finalizou.

O presidente do Nacional Futebol Clube garantiu que em breve deverá convocar a Assembleia para a leitura e assinatura do contrato pelo Conselho Deliberativo do Leão.