17 de dezembro de 2017
Manaus, BR
°C

Resenha do Jogo

Profissional

Nacional

2

Princesa

0
Amazonense quarta-feira 31 Maio @ 20:00 Estádio Carlos Zamith

O Naça usou a inteligência e cadenciou o jogo nos primeiros minutos, sempre trocando passes entre a linha defensiva do Tubarão, que, mesmo limitado, buscava o contra-ataque na base da raça. O jogo seguiu com esse panorama – calma e sem muitas oportunidades – até os 30 minutos, quando o Leão tentou apertar o ritmo. Em duas jogadas de Diego Soares pela esquerda, quase abriu o placar. Primeiro, a bola sobrou para Hudson na pequena área, sem ângulo. O atacante, mesmo de costas, cabeceou para o gol, mas a bola bateu na trave. Três minutos depois, em lance quase igual, Paulo Roberto foi quem veio de trás para finalizar. Dessa vez, Rasci salvou o Princesa. A equipe visitante ainda respondeu antes do apito final, mas Branco, ao arriscar de fora, viu a bola sair por cima do gol de Valverde.

Após poucos minutos de pressão do Naça, o Princesa cresceu na partida e, antes dos 10, criou duas chances de perigo. Na primeira, o assistente Marleudo Silva marcou impedimento de Branco. Na seguinte, Rafael arriscou de fora, mas Valverde fez defesa fácil. Aos 15, mais uma defesa de Marcelo, dessa vez mais difícil. Weverton cobrou falta rasteiro, bola quicou antes e quase enganou o goleiro nacionalino. Iuri. que aacbara de entrar, apareceu para deixar Paulo Roberto livre para marcar o primeiro e único gol do jogo, aos 36 minutos. O Leão ainda teve chance de ampliar no fim, mas o que chamou atenção foi uma confusão – mais uma para manchar o Campeonato Amazonense – generalizada nos últimos minutos. A policia chegou a intervir, e o árbitro decidiu mandar quatro jogadores mais cedo para o vestiário, sendo dois de cada time. No apagar das luzes, quando ninguém esperava mais nada, Paulo Roberto cruzou na medida para Charles, que, de fora, fechou o caixão do Princesa.

CONFUSÃO NO JOGO

Quando o segundo tempo estava com 41 minutos, jogadores de Nacional e Princesa se desentenderam em campo. Houve troca de chutes e pontapés e a Polícia teve que entrar em campo. Após oito minutos de paralisação, quatro expulsos. Erick Rocha e Hugo para o Naça e Rafael e Luis Paulo do lado do Princesa.

PANORAMA

Agora, com o resultado, o Nacional espera o vencedor do duelo entre Fast e Manaus, que jogam nesta quinta na Arena da Amazônia. Com a classificação para a finalíssima, o Leão da Vila Municipal garante calendário cheio para a temporada 2018, com vagas na Copa do Brasil e Série D 2018. Ao Tubarão, resta se focar na quarta divisão, na qual tem jogo contra o Trem-AP, no domingo. A data da final ainda será definida pela Federação Amazonense de Futebol (FAF).

Nacional 2 - 0 Princesa

  • quarta-feira 31 Maio 2017 @ 20:00
  • Amazonense Semifinal
  • Estádio Carlos Zamith
  • Público: 1 031
  • Árbitro: Odson Santos da Silva
13
Jogos
5
Vitórias
4
Empates
4
Derrotas

Encontros anteriores

31 maio 17 20:00 Amazonense Nacional x Princesa 2 - 0
24 maio 17 16:00 Amazonense Princesa x Nacional 2 - 2
25 abr 17 19:00 Amazonense Nacional x Princesa 0 - 0
01 abr 17 15:00 Amazonense Princesa x Nacional 4 - 3
19 out 16 20:00 Amazonense Nacional x Princesa 0 - 2
15 out 16 11:00 Amazonense Nacional x Princesa 1 - 3
21 set 16 15:30 Amazonense Princesa x Nacional 2 - 0
04 jun 16 16:00 Amistoso Nacional x Princesa 2 - 2
29 maio 16 16:00 Amistoso Princesa x Nacional 0 - 0
20 jun 15 15:00 Amazonense Nacional x Princesa 2 - 1
13 jun 15 15:00 Amazonense Princesa x Nacional 0 - 1
24 maio 15 16:00 Amazonense Princesa x Nacional 0 - 2
12 abr 15 18:00 Amazonense Nacional x Princesa 1 - 0