18 de dezembro de 2017
Manaus, BR
°C

Notícias

Nacional aposta no “Made in Amazonas” para a Temporada 2017

O Nacional Futebol Clube, time centenário e de muita expressão no Amazonas, sempre foi conhecido por sua notoriedade e pela qualidade dos jogadores que compõem a equipe, fazendo do Leão da Vila Municipal um dos maiores clubes do Norte do país. Pensando nisso, o diretor executivo de futebol, José Reis, está apostando em um projeto para essa temporada que busca talentos locais, o “Made in Amazonas”.

Desde o início do ano, quatro jovens atletas vem se destacando dentro de campo e mostrando que tem um futuro extremamente promissor no cenário futebolístico. Apesar de jogarem em posições diferentes, a vontade é uma só: vestir a camisa azulina e lutar pelo Leão da Vila Municipal. O quarteto é composto por Alison da Silva, Lucas Bueno, Rafael Gomes e Rafael Rennardy.

“Made in Amazonas” (Foto: Lorena Furtado)

Os quatro jogadores vieram de categorias de base do Amazonas e mesmo em clubes diferentes do Nacional, tiveram seus trabalhos reconhecidos pelo executivo de futebol, José Reis, que os manteve em observação enquanto treinavam com o time profissional e, após alguns dias, decretou as contratações de Lucas e Rafael Gomes. No caso de Alison e Rafael Rennardy, houve a promoção dos jogadores da categoria de base da equipe nacionalina para treinarem com o time profissional.

“É muito importante dar oportunidade a esses atletas, ainda mais quando eles entendem a dinâmica trabalhada pelo clube e se mostram prontos para vestir a camisa do time. São jovens talentos do Amazonas que agora passam a ser jogadores profissionais pelo Nacional, que é uma equipe tradicional, forte e muito importante para a história do futebol no Estado”, disse José Reis.

Conheça um pouco os atletas

            Lucas Duarte Bueno, 20 anos, atua como atacante e começou a jogar futebol aos seis anos de idade, na Escolinha de Futebol do Nacional. Em 2013 teve uma passagem pelo time de base do Volta Redonda – RJ e voltou para a base do Nacional em 2014. Em seguida, atuou como profissional pelos times do Madureira – RJ (2014), Fast – AM (2015) e Santa Cruz – RN (2016). Esse ano assinou contrato com o time profissional do Nacional e já faz parte da equipe.

Lucas Bueno – Atacante (Foto: Lorena Furtado)

           Rafael Gomes da Silva, 20 anos, atua como goleiro e começou no time juvenil do Rio Negro – AM, em 2014. Virou jogador profissional em 2015 pelo Rio Negro, permanecendo lá até 2016. Em 2017, passou a integrar a equipe nacionalina, com contrato profissional.

Rafael Gomes – Goleiro (Foto: Lorena Furtado)

           Alison da Silva de Oliveira, 19 anos, atua como volante e começou jogando na equipe de base do Iranduba – AM (2014). Em seguida teve passagens pelas bases do Princesa – AM, Tigrão – SP e Nacional – AM, ocasião em que participou do Juniores (2016) e em 2017, treina para tornar-se profissional pelo Leão da Vila Municipal.

Alison – Volante (Foto: Lorena Furtado)

            Rafael Rennardy de Souza Ferreira, 18 anos, atua como atacante e joga futebol desde os oito anos de idade. Nascido em Pauini, no interior do Amazonas, veio para Manaus em 2015, ocasião em que teve uma experiência rápida no time profissional de Iranduba e atuando, no mesmo ano, pelo time Manaus FC na equipe juvenil. Em 2016, o atleta começou a jogar no time de base do Nacional, sendo eleito o melhor jogador do campeonato juvenil e vice-artilheiro, com 19 gols. Rafael foi promovido em 2017 e já está treinando para ser profissionalizado pelo clube nacionalino.

Rafael Rennardy – Atacante (Foto: Lorena Furtado)

4 Comments

  1. Gildo Costa Rosarinho says:

    parabéns Senhor Diretor, é investindo em jovens jogadores que o Santos Futebol Clube revela grandes craques …..o Senhor está no caminho certo …avante NAÇA estamos ao teu lado …

  2. Nery Nunes de Castro says:

    Está certo o Sr. José Reis ! por isso quero desejar boa sorte tanto a ele ( José Reis ) , como aos meninos que estão surgindo aí, só peço que vestam realmente a camisa do NAÇA e façam dela o elo para quem sabe, um futuro promissor. COMPROMETIMENTO, HUMILDADE, AMOR Á CAMISA/CLUBE e acima de tudo RESPONSABILIDADE. Boa Sorte.