15 de dezembro de 2017
Manaus, BR
°C

Notícias

Roberto Peggy e Francisco Esteves são empossados

A diretoria do Nacional Futebol Clube realizou na noite de ontem, sexta-feira, dia 13, às 20h30, a posse do novo presidente do clube, Roberto Peggy, no dia em que festejou o aniversário de 104 anos, para simbolizar a celebração desta nova etapa. O evento ocorreu na sede do azulino, localizada na Rua São Luís, bairro Adrianópolis, zona Centro-Sul da capital e contou com a presença de sócios, empresários e torcedores.

Dado início à posse, foram chamados para compor a mesa de honra o empresário e agora presidente do Nacional Futebol Clube, Roberto Peggy Pinheiro, juntamente com Francisco Esteves, o “Chicão”, vice-presidente do clube; o empresário Mário Cortez e o professor Manoel Chaves, o “Maneca”, presidente e vice-presidente, respectivamente, da gestão anterior; Dissica Valério, presidente da Federação Amazonense de Futebol (FAF); e Manoel Flores, diretor de competições da Confederação brasileira de Futebol (CBF).

Primeiramente, após a determinação de Roberto Peggy e Francisco Esteves como presidente e vice-presidente do Nacional Futebol Clube, nessa ordem, foram feitas homenagens a pessoas que fazem parte da história do clube, sendo concedido o título de sócio benemérito. Dentre elas, foram contemplados Raimundo Nonato Cunha, Francisco Geraldo de Oliveira e Sidney Guilherme, que sempre carregaram a paixão pelo clube e trabalharam arduamente em prol do Leão da Vila Municipal.

nacionalfc-peggy-chicaoDurante a cerimônia, todos os discursos voltaram-se para a felicidade de poder ver o time azulino completar mais um ano de história. Ao falar sobre a importância do cargo de presidente, Mário Cortez desejou sucesso e vitórias à nova gestão. “O Nacional é um time que sempre nos honrou e tenho certeza que muito mais títulos virão. Renovo minhas esperanças para que o atual presidente possa permanecer firme na caminhada e continue fazendo um ótimo trabalho por esse que é o clube mais querido e amado do nosso Estado”, disse.

Representando a CBF, o amazonense Manoel Flores parabenizou o novo presidente e manifestou sua alegria por fazer parte desse momento. “Desejo uma ótima gestão, pois sei que a caminhada é árdua, mas nosso Estado tem potencialidade para ser campeão. O futebol amazonense possui muitos talentos e a CBF estará sempre de portas abertas para o clube”, destacou.

Em seu discurso, o novo presidente do Nacional Futebol Clube, Roberto Peggy, falou do orgulho e da responsabilidade em assumir o tão querido Leão da Vila Municipal e ressaltou os planos para sua gerência ao longo do biênio 2016-2017. “É com muita satisfação que recebo esta honrosa missão e prometo trazer renovação e alegrias a cada torcedor do Nacional, pois esse é um time de vitórias e essa será a nossa meta. Durante 30 dias como presidente interino, pude realizar muitas coisas e já vamos colocar em prática vários projetos como a criação de um museu para o clube, benefícios para o sócio-torcedor, entre outros, e isso é só o começo de uma grande jornada. Serei um presidente que irá valorizar cada membro e poderá gritar junto à torcida: É campeão! ”, destacou Peggy.

O atual presidente explicou ainda que muitas surpresas estão por vir. “O torcedor e toda nação azulina poderá sempre contar conosco, pois temos uma equipe com vontade de trabalhar e de fazer o melhor pelo clube, com profissionais competentes e dedicados para cada setor de atuação. A vitória é nossa! “, finalizou.