16 de dezembro de 2017
Manaus, BR
°C

Notícias

Em noite de estreia na Arena, Jonathan revela: “Joguei pela minha família”

A primeira vez a gente nunca esquece. Isso é fato, e o goleiro do Nacional Futebol Clube, Jonathan Queiroz confirmou o dito popular. Foi o primeiro jogo pelo Naça nesta temporada. Foi a primeira partida na Arena da Amazônia Vivaldo Lima e ele foi fundamental para a vitória nesta quinta-feira (8), diante do Manaus. De tão especial, Jonathan dedica a memorável noite a sua filha Lívia e a esposa Deborah Melo.

“Hoje é uma noite muito especial para minha carreira, para minha vida e sem dúvida nenhuma devo isso a Deus e dedico tudo o que vivi neste jogo a minha família, a minha filha e minha esposa que acompanhou a partida pelo rádio e com certeza está sentindo o mesmo que eu neste momento. Joguei pela minha família”, revela.

img_5641

Sobre a emoção de jogar no gramado da imponente Arena da Amazônia, ele conta que jamais vai esquecer.

“A estreia é sempre uma incógnita. Então eu pude estrear e atuar bem, ainda mais aqui, na Arena da Amazônia. É espetacular. Foi uma sensação maravilhosa, desses acontecimentos que a gente nunca esquece. Vou levar para o resto da minha vida”, disse.

Nesta temporada, o arqueiro ainda não tinha vestido o manto azulino. Ele afirma que merece comemoração dupla.

“É uma felicidade em dobro. Uma sensação maravilhosa, ver meus companheiros jogarem bem. Todos obedecendo ao nosso treinador. Agora é só trabalhar firme e forte para continuar desenvolvendo bem o meu trabalho”, completou.

Carreira

Jonathan Queiroz tem 24 anos. É natural de Alvarães, interior do estado do Amazonas. Sua primeira participação como federado foi em 2008, pelo Sul América/AM, onde disputou o Campeonato Amazonense Juvenil, inclusive com idade infantil e sagrou-se campeão da categoria naquele ano.

Entre 2008 e 2009 teve passagens nos Campeonatos Infantil e Juniores no Rio Negro/AM, mas foi no Nacional que Jonathan decolou.

Em 2010 atuou como 4º goleiro do Leão. No ano seguinte, assumiu como 3º e logo conseguiu subir para 2º, mas não demorou muito tempo para assumir a titularidade no segundo turno do ano de 2012.  No mesmo ano, conquistou não apenas o título de campeão, mas também foi eleito como melhor goleiro da competição.

Jonathan já defendeu as camisas do Primavera/SP (2012), Uberlândia/MG (2012-2013), Rio Verde/GO (2014), Operário/AM (2014) e Manaus FC/AM (2014-2015) e Nacional FC (2016).