16 de dezembro de 2017
Manaus, BR
°C

Notícias

“Na hora que os jogadores se soltarem o time vai render mais”, avalia Heriberto da Cunha

No sábado (30), o Nacional fez o terceiro amistoso da temporada. Diante da torcida, que compareceu em bom número no estádio Ismael Benigno, a Colina, o Naça bateu o Fast Clube por 2 a 1. O treinador Heriberto da Cunha analisou o resultado positivo da equipe e destacou intensificar treinos para corrigir os erros percebidos no clássico.

Para Heriberto, a equipe azulina ainda não se soltou em campo. Ele atribuiu isso aos jogos amistosos e prometeu um ritmo mais intenso para o jogo diante do Remo/PA.

“Nesses amistosos é óbvio que o jogador não põe uma intensidade maior, ficando em um ritmo mais cadenciado. Daqui para frente vamos colocar um ritmo mais forte. A dificuldade que estamos tendo, principalmente, na frente, é por falta de movimentação, e vamos intensificar isso nos próximos treinos”, avaliou.

O comandante do Leão da Vila Municipal observou erro na troca de bola na equipe e pretende corrigir.

“A equipe errou em alguns toques, do meio para frente o time não saia rápido. Estamos intensificando isso, nos treinos e continuaremos a intensificar. Na hora que os jogadores se soltarem o time vai render mais”, garantiu.

Heriberto da Cunha ressalta a importância dos amistosos para detectar os erros e aperfeiçoar o que está dando certo.

“Os amistosos servem para isso, observar os erros, ajeitar, e aperfeiçoar aquilo que está dando certo. Estamos no caminho certo e vamos evoluir”, salientou.

Próximo desafio

O Nacional que tem calendário completo em 2016 e continua sua preparação para disputar, Copa Verde, Copa do Brasil, Série D, Campeonato Amazonense. Desta vez, será o duelo entre os Leões do Norte, Naça x Remo/PA se enfrentam no dia 14 de fevereiro, na Arena da Amazônia Vivaldo Lima, com horário a ser definido.