16 de dezembro de 2017
Manaus, BR
°C

Notícias

Esteve do outro lado

Na temporada 2015, após a saída do Nacional Futebol Clube do Campeonato Brasileiro Série D, Railson foi chamado para jogar a Copa Amazonas, com o Fast Clube. O meia, que chegou a fazer um gol na competição, ajudou o time a conquistar título que garantiu ao Rolo Compressor uma vaga na Copa Verde de 2016. Mas, com o término da competição, ele assinou um novo contrato e voltou para o Leão da Vila Municipal.

Vivendo um momento especial, o ‘prata da casa’, Railson conta que é gratificante jogar o clássico Pai-Filho. A partida será realizada neste sábado (30), às 17h, no estádio Ismael Benigno, a, Colina. O meia fala da sua passagem pelo Fast, mas faz questão de ressaltar que atualmente defende o Naça, o clube que o revelou para o futebol.

“Para mim é gratificante jogar o Pai-Filho. Fiquei feliz por ter conquistado o ‘Barezão’ pelo Naça e a Copa Amazonas com o Fast Clube, em 2015. Foi um ano bom para minha carreira, mas agora defendo o Nacional e estou muito feliz aqui. Foi o Naça que me colocou no futebol. Sou grato a essa camisa, a esse clube”, disse.

O jogador prevê uma partida difícil contra o Fast Clube, já que a equipe manteve alguns jogadores da campanha da Copa Amazonas e contratou jovens atletas. Mas, de acordo com ele, o elenco do Mais Querido está preparado e focado para o clássico.

“Sabemos que vai ser difícil, eles montaram um time bom, com uma garotada forte e alguns jogadores que atuaram comigo na Copa Amazonas, mas o Naça está focado, vamos para o terceiro amistoso e vencemos os dois primeiros. Estamos treinando diariamente. Todos conscientes do seu papel dentro do elenco. O técnico está procurando uma formação ideal e esses jogos servem para isso”, salientou.

Railson foi enfático ao dizer o que a torcida azulina pode esperar dele em campo.  “Esperar um espetáculo. O time vai entrar forte e com garra, e comigo não será diferente. É sempre bom jogar um clássico Pai-Filho. Eu já estive do lado de lá, hoje estou do lado do Nacional, para mim é especial”, finalizou.