16 de dezembro de 2017
Manaus, BR
°C

Notícias

Naça vence o Penarol por 2 a 0

Foi o segundo teste da equipe do Nacional Futebol Clube em 2016. Desta vez, o adversário foi o Penarol/AM, na ‘casa’ do Leão da Velha Serpa. E nem o apoio da torcida itacoatiarense impediu a vitória do Naça, que venceu o duelo por 2 a 0. Os gols foram marcados por Charles, no primeiro tempo e Max Willian, no segundo.

O jogo

O Nacional começou a partida pressionando o Penarol. Aos dois minutos, Charles sofre falta. Osvaldir vai para a cobrança, o goleiro espalma e no rebote Charles pega de primeira e a bola passou raspando a trave direita de Rai.

O jogo começou a ficar faltoso. Aos sete minutos, Charles havia sofrido três faltas, das cinco do Naça. As equipes passaram a se estuda, com o Penarol mais recuado. Em uma saída de bola, Cal, vê a oportunidade e chuta de fora da área, a bola mais uma vez assusta o goleiro Rai.

Aos 15’ é a vez de Railson ameaçar o Penarol, ele bate com a canhota e a bola, novamente passa ao lado da trave. Em seguida, uma troca de passes entre Railson e Charles acabou com um forte chute, o goleiro Rai espalmou, Osvaldir pega o rebote e, desta vez, o arqueiro do Penarol segurou.

Cinco minutos após o lance anterior, Osvaldir cruza da direita e Charles não perdoa, abre o placar para o Naça, 1 a 0.

Aos 24 minutos, foi a vez de Álvaro e Osvaldir trocarem passes, mas a zaga interceptou o lance.

O Naça domina o jogo, o Penarol arma algumas jogadas, mas para na muralha Vitor. O zagueiro do Naça não deixa passar nada. Destaque também para Cal, no primeiro tempo ele foi responsável pela maioria das bolas roubadas para o Leão da Vila. As trocas de passes entre Railson, Charles, Álvaro e Osvaldir envolviam o adversário, mas o primeiro tempo terminou em 1 a 0 para o Naça.

Na volta do intervalo, o técnico Heriberto da Cunha decide mexer no Naça. Sai Railson entra Hugo. Sai Hércules e entra Max Willian.

Aos dois minutos de jogo, foi o Penarol que fez o goleiro Roberto Gomes trabalhar. Um chute de fora da área assustou o arqueiro azulino que espalmou.

O Naça decide manter a posse de bola. As tabelas continuam e mais uma vez Heriberto muda os jogadores, desta vez sai Fabiano e entra Roberto Dias. Sai Rafael Silva entra Thiago Verçosa. Sai Radar e entra Rodrigo Fernandes.

Aos seis minutos, Charles enfia uma bola na diagonal e ela encontrou Max Willian bem posicionado que ampliou para o Nacional, 2 a 0. Em seguida, Thiago Verçosa, sai driblando os jogadores do Penarol. Passou por três, mas Heman o parou. E mais substituições, sai Vitor e entra Edson Rocha. Sai Álvaro e entra Hayllan.

Osvaldir também arriscou de fora da área e o goleiro Rai atento defendeu. Aos 30 minutos, Max e Osvaldir tabelaram. Osvaldir bate para fora.

O Penarol ainda tenta ameaçar, mas Roberto pega de primeira. Hayllan também vai para cima. Entre os dribles, ele sofre falta aos 35 minutos e Rodrigo Fernandes vai para a cobrança. A bola foi colocada e o goleiro bem posicionado, defendeu.

No lance seguinte, Hayllan chuta após tabela com Thiago Verçosa e Max, mas a bola raspa trave de Rai. A próxima ameaça veio dos pés de Thiago Verçosa que resolveu arriscar de fora da área. O goleiro mais uma vez impediu o terceiro gol azulino.

Aos 41 minutos, Hayllan desce pelo meio, driblou três jogadores e chutou, a bola raspou a trave do Penarol.

Ao final da partida, o Leão da Velha Serpa deu um grande susto. Em uma arrancada em velocidade, a bola bate na trave do Naça. O Juiz apita o final do jogo. Placar Penarol 0 x 2 Nacional FC.

Mais amistosos

O treinador Herberto da Cunha declarou, após o jogo, que vai conversar com a diretoria para a realização de mais amistosos e, de preferência, no próximo domingo (31)

Foto Marcos Mendonça/Assessoria Penarol