16 de dezembro de 2017
Manaus, BR
°C

Notícias

Avaliação da semana

Para que o Nacional Futebol Clube alcance todos objetivos traçados pela diretoria e comissão técnica, planejamento e foco precisam estar em sintonia. Pensando nisso, esta semana, o Leão fez dois treinos coletivos, jogadores aprimoraram a musculatura na academia e, conheceram o adversário da Copa do Brasil. Além disso, teve apresentação de jogador e o clube completou 103 anos de fundação, com direito a festa da diretoria e, principalmente, da torcida azulina.

O bolo foi cortado e as bandeiras hasteadas! O Nacional FC, na quarta-feira (13), completou 103 anos de fundação. Com tantos títulos e glórias, o Mais Querido não poderia comemorar a passagem do seu aniversário de maneira diferente. Com direito a festa da diretoria e, principalmente, da torcida azulina, que soltou fogos de artifício e fez uma bela homenagem ao clube, os nacionalinos fizeram um único pedido antes de apagar as velas: o acesso à série C do Campeonato Brasileiro.

Comissão técnica e jogadores entendem o recado, tanto que não tiveram folga e fizeram seu primeiro treino coletivo da temporada, justamente no dia do aniversário do clube. Visando aprimorar a parte tática e técnica o comandante do Leão, Heriberto da Cunha, junto com o auxiliar técnico, Alan George, dividiu os atletas em duas equipes para o trabalho. Todos gostaram do resultado, tanto que sexta-feira (15), o mesmo treinamento se repetiu.

Ambos coletivos desta semana foram realizados no estádio Carlos Zamith, zona leste de Manaus. O ‘Zamithão’ foi bastante elogiado pela comissão técnica e jogadores no Naça. Construído para ser um dos Campos Oficiais de Treinamento (COTs) da Copa do Mundo, a dimensão do campo e estrutura do estádio atendem ao padrão FIFA.

Academia

Os jogadores do Leão da Vila estão em pré-temporada há exatos 25 dias. Trabalhar a parte tática e técnica é importante para dar compactação e entrosamento ao time, mas nada disso acontece se o trabalho muscular não ocorrer de maneira correta e planejada. Com isso, os atletas estão desde o começo da temporada na academia, dias de terças e quintas-feiras. Esta semana não foi diferente.

O preparador físico do Naça, Hudson Barros, destacou o que vem sendo feito na academia, que fica na sede do clube. Ele garante que os trabalhos estão sendo realizados dentro do programado e que o time está se preparando bem para as competições desta temporada.

“A semana de treino foi muito proveitosa. Foi diferente, pois mudamos os dias dos períodos e ganhamos um período a mais de treinamento, sentimos a necessidade de fazer isso. Na terça-feira, o trabalho consistiu em força na academia e depois no gramado, o que chamamos de transferência. Na quinta-feira, só academia, recuperação, trabalho de manutenção, na verdade. Tudo feito dentro do planejado, após avaliação em estudos. O que queremos é capacitar os atletas para que eles cheguem 100% à competição”, ressaltou.

Adversário definido

Na última segunda-feira (11) foi realizado, na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o sorteio da Copa do Brasil 2016. O Nacional vai jogar contra o Dom Bosco/MT. O primeiro confronto será em Cuiabá/MT, com data e hora das partidas a serem definidas pela CBF.

O bom filho à casa torna

Revelado pelas categorias de base do Naça, o goleiro Jonathan Queiroz está de volta. Após defender Uberlândia/MG, Rio Verde/GO e Manaus FC, o arqueiro assinou contrato de um ano com o Mais Querido. Para ele, retornar ao clube que o revelou é fruto de trabalho, dedicação e reconhecimento.

“Com certeza é fruto de trabalho. Estou feliz. É um sentimento bom estar de volta, uma expectativa boa, eu não esperava esse contato da diretoria do Nacional e espero dar o melhor de mim e fazer um trabalho excepcional, assim como fiz em minhas outras passagens pelo Naça, “disse.

Palavra do Comandante

Heriberto da Cunha fez uma avaliação desta semana. Com treinos coletivos e reforço muscular, o treinador do Mais Querido observou uma evolução dos atletas, mas salientou que há muito trabalho pela frente.

“Foi uma semana bastante positiva, com trabalho forte e mais trabalho com bola, dois coletivos foram realizados. O primeiro após as férias dos jogadores. Foi para que eles tivessem noção de campo, de jogo e que a gente tenha noção da performance deles. E agora temos a outra semana já com amistoso confirmado, e a certeza é que eles ganharão mais ritmo e confiança”, finalizou.